04 maio 2007

39 músicas (11)


E a música que mais cantei para o Daniel foi, sem dúvida, Trem do pantanal. Cantava para o bebê que morava em mim, cantava depois, quando amamentava.

Já disse aqui o porquê. Descobri anos depois. Hoje penso que o fato das pessoas ficarem com medo da minha gravidez, medo dos cuidados que eu teria que tomar, em função do lúpus, me fizeram viajar sozinha nessa gravidez.

Todos estavam tão preocupados que não conseguiam perceber que eu vivia o maior e melhor sonho da minha vida, que sem essa gravidez e sem esse filho, eu jamais poderia ser feliz.

Eu me lembro da sensação da gravidez: única, única. Sensação de poder, de não-solidão, de amor que irradiava, de uma viagem única.

O engraçado é que percebi a relação desse momento com a música muitos anos depois. Naquela época, era o inconsciente cantando loucamente feliz.

11 comentários:

  1. É, mesmo, uma bela canção, Vivien...

    Trem do Pantanal
    Geraldo Roca & Paulo Simões


    Enquanto este velho trem atravessa o pantanal
    As estrelas do cruzeiro fazem um sinal
    De que esse é o melhor caminho
    Pra quem é como eu
    Mais um fugitivo da guerra

    Enquanto esse velho trem atravessa o pantanal
    O povo lá de casa espera que eu mande um postal
    Dizendo que eu estou muito bem e vivo
    Rumo à Santa Cruz de La Sierra

    Enquanto este velho trem atravessa o pantanal
    Só meu coração está batendo desigual
    Ele agora sabe que o medo viaja também
    Sobre todos os trilhos da terra
    Rumo a Santa Cruz de La Sierra

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esta canção. Deve ser um momento especial para toda mulher.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Tanta coisa boa e mágica nos acontece nesse momento de gravidez, parto, amamentação... ai, se eu pudesse, teria um bebê a cada ano!

    ResponderExcluir
  4. Prima, todos os dias, mesmo com pouca memória no PC, clico aqui para ver a nova música... Estou AMANDOOO a seleção. Ontem li e toquei as músicas pra mãe e pra Tia Ice, elas só falavam: "Tio Belo cantava isso..." Beijos, continue na seleção... cada vez encontro mais pontos em comuns que a distância não apaga.
    Eu tb cantava música para os meus bebês, só que eu cantava "Felicidade" e "Aquarela", coisa de Prof. de jardim... Beijos, Key

    ResponderExcluir
  5. Clélia, adoro a letra.;0)

    ResponderExcluir
  6. Julio, pra mim foi muito especial.;0)

    ResponderExcluir
  7. Claudia, um a cada ano???...rsr....ai vc chutou o pau da barraca....rsr...beijos

    ResponderExcluir
  8. Prima querida!!! que bom que as tias gostaram, diga que estou mandando um beijo.;0)

    ResponderExcluir
  9. Vivien,

    Também gosto muito desta música, como gosto de quase tudo que tenha letra do Paulo Simões. Porém, mais bonita que a música, foi a declaração de amor que você fez ao Daniel. Só quem experimentou a sensação de ter e criar um filho sabe como essa experiência pode ser excitante e prazerosa.

    ResponderExcluir
  10. Arnaldo, poi´s é: é uma experiência muito única, só quem passou por isso, entende de verdade.;0)

    ResponderExcluir
  11. Tu nao tava viajando soh. O muleque jah tava la.
    ;o)

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: