04 abril 2007

Um susto


Tentei aprender alemão algumas vezes. Na primeira, estava no ensino médio e frequentava o Hans Staden, que na época, era um dos melhores aqui da cidade. Aluna relapsa, gostava da aula, gostava da língua, mas não estudava.
Na época da inflação galopante que estourava meu parco salário - tinha o tal "gatilho" que não resolvia a parada - eu tive que parar, por motivos absolutamente práticos: não dava pra pagar.
Na unicamp frequentei algum tempo, continuei relapsa. Agora sei que : ou sento a bunda e estudo pra valer ou nunca vou sair de poucas e magras frases naquela língua absurdamente linda.
Há algum tempo, me matriculei em um curso perto da casa que morava: faria umas aulas particulares até poder me encaixar em um determinado nível. A professora, uma giganta loira e magra, me disse que eu teria aulas com seu filho. Nem pestanejei: imaginei um ratinho branco insosso. Como nunca fui muito ligada aos loiros, de cara, imaginei um homem pouco atraente.
Rapá...
No dia da aula, apesar de eu tentar fazer aquela cara básica de paisagem, quase surtei. O cara era um Thor. Muito alto - e eu tenho loucura por homens altos - simpático, sorridente. E lindo. Mas lindo de doer a vista.
E quem disse que eu conseguia me concentrar sozinha naquela sala com aquele homem todo falando aquela língua gutural?
Uma das lições, ele mostrava lá um deseinho e perguntava onde era meu quarto, onde ficava minha cama. Gente, isso aí, dito pelo Thor , em alemão, era de chorar.
Eu gaguejava uma ou outra resposta. Wunderbar!!! ele dizia, com aquele sorriso angustiante de tão lindo.
Não deu , gente, larguei o curso.

19 comentários:

  1. e depois vc fala que eu é que não estudo...

    ResponderExcluir
  2. Ops... Não conhece aquela história do: "faça o qu'eu digo, não faça o qu'eu faço", Daniel!?!? +ou- por aí... A gente não é exemplo, não! Temos as nossas falhas e tropeços.

    bjão pros dois!
    Clé

    ResponderExcluir
  3. Ah, esqueci de dizer: nem tento aprender alemão. É loucura! Cecília teve aulas no Colégio Porto Seguro. Ela e o Arnaldo têm facilidade com a língua. Eu não, me nego! Terminantemente. Prefiro o bom, simples e velho inglês e o delicioso e sonoro espanhol! Francês é charmosíssimo tb! Arnaldo e eu já fizemos Aliança Francesa, antes da Cê nascer...

    ResponderExcluir
  4. Vivien,
    Lendo seu post me lembrei de um ditado: "O que dá pra rir dá pra chorar". As aulas com o Thor, para você um sonho, seriam um pesadelo pra mim. Não dava pra ser uma junge Frau?
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Hauahauahuahau! Mas você devia é ter se apegado com unhas e dentes a essa aula particular!!! Tá doida...

    ResponderExcluir
  6. Toddy..eu estudo!!! Essa foi uma honrosa ...falha.;0)

    ResponderExcluir
  7. Clélia, eu adoro a língua. A idéia era aprender pra ler alguns autores no original, mas a beleza inerente a ela me conquistou.;0)
    ainda vou aprender, tá na minha lista.

    ResponderExcluir
  8. Lord...hahahahh....tudo depende da ótica , certo?
    Eu deixo a junge frau pra vc. ;0)

    ResponderExcluir
  9. Cláudia, eu queria mesmo aprender alemão...sério....rs....mas a cabeça ficava matutando ouuuuutras coisas, assim não dava.
    E eu estava namorando, sou patologicamente fiel.;0)

    ResponderExcluir
  10. vivien mulher!!

    que historia óótema essa do thor!
    menina, UM THOR na aula de alemao....QUE TUDO! Acabo de descobrir que temos preferencias estéticas MUITO semelhantes! rsrsrs...e acredita q eu fiz aula no hans staden tb? no tempo que eles traziam bolachinha e chá num carrinmho pra dentro da classe.....hehehe...e a minha leherin era uma fofa tb!

    eu vi um thor esses dias aqui em barao geraldo. vi, sentei perto e conversei. irmao de um amigo, filosofo e professor tb. peloamordedeus, uuufff...!!

    :-)
    cris.

    meu amigo é o mariano, um dia a gente tem que combinar alguma coisa na minha casa. aí voce conhece a peça.

    ResponderExcluir
  11. Cris, vamos por partes...rs...eu tive várias professoras bacanas no Hans Staden, mas uma delas, assim que saiu da sala, um cara mandou essa "solta o gás". Foi uma gargalhada só.

    Eu até pensei em conhecer seu amigo, mas depois que vc me falou que era filósofo...desisti. Fechei minha cota de filósofos, pelamordedeus....rs

    Quanto ao gostosão do grajaú que vc falou, bota na roda, aí Õ...rs

    ResponderExcluir
  12. A última vez que eu desisti das aulas de alemão foi por causa do horário. As aulas começavam às 7 da matina em Atibaia! Ou seja, eu tinha que sair daqui às 6, o que significava acordar antes das 5 e meia.

    Sempre dá pra arrumar motivo pra desistir de aulas de alemão!

    ResponderExcluir
  13. Vivien, você abandonou o curso, mas poderia ter sido diferente né?
    Já pensou se você se casa com o alemão? Estaria tudo resolvido, aprenderia a língua, e levaria o professor prá casa.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Arnaldo, eu ainda voltarei...rs

    ResponderExcluir
  15. Anna, ai..ai.....;0)

    ResponderExcluir
  16. Vivien,
    Que coisa incrível.
    Eu acordei hoje de manhã e pensei: preciso aprender alemão.
    Destino.
    Me passa o telefone do professor.
    Eu tenho ceretza que já já aprendo a língua. Sou muito comunicativa.
    Falo até com as mãos?
    sacou? sacou?
    hahahahha
    weu tinha um músico que tinha um par de braços que era uma coisa. Ele vinha ensaiar e eu me perdia completamente. Ficava olhando aqueles bíceps imensos e torneados.
    Não deu certo, né?
    Tô louquinha que não de certo do mesmo jeito com o tal alemão!
    hahahahhahaahh

    ResponderExcluir
  17. Tati, sua retardada......risos....

    ResponderExcluir
  18. Eu também gostaria de continuar a estudar alemão. Fiz até o KDS e queria ter o GDS também.

    Se eu morasse aí, Vivien, eu lhe daria aulas sem cobrar. Karma yoga.

    Ein großes Küsschen!

    ResponderExcluir
  19. La Carmencita, assim que eu me organizar, quero ter aulas. Quero ler Thomas Mann no original...essa foi a motivação primeira.Obrigada, tenho certeza que adoraria suas aulas..! Kusschen!

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: