08 junho 2007

Sobre os blogs




Eu já comentei aqui que leio blogs há quatro anos. Li durante três anos, talvez um pouco mais, até decidir escrever o meu. Nesse caminho deixei de ler alguns, passei a ler outros tantos, viciei em vários. Qualquer um que me conheça sabe que ler e escrever aqui é uma das coisas que mais gosto de fazer, o universo dos blogs - blogosfera, com foi batizada - me fascina.


Creio que é a possibilidade de expressão, discussão e criação mais revolucionária dos últimos tempos. Democrática, dá acesso a qualquer um, se os anarquistas do século dezenove pregavam "nem pátria , nem patrão", penso que "nem pauta, nem patrão" pode ser uma interpretação da liberdade criativa do blog.


Encontrei essa campanha aqui há pouco e acho que esse é o pulo do gato : tempo útil, tempo criativo, tempo de comunicação dentro da internet.


Aí eu me irrito quando alguém, sempre com uma carinha de enfado, me diz:


- Não gosto dessas coisas de internet.


Quais coisas , cara pálida?


Porque se alguém colocar orkut e blog no mesmo balaio, está fazendo besteira. Porque a blogosfera é povoada por todas as tribos e estilos, mas com algo em comum, desejo de se expressar.


Uns vão querer falar de política, outros de músicas, alguns vão escrever contos. E serão publicados, serão lidos, serão discutidos. Isso é muito sedutor, pra qualquer um que goste de ler.


E mais do que isso, isso é exercitar a cidadania de forma ampla.


Um mundo onde todos tenham voz e essa voz não possa ser contida : essa é a blogosfera pra mim.



E quem ainda não entendeu isso, ficou plantando no século passado.

30 comentários:

  1. E tem gente que ainda torce o nariz achando que blog é coisa de adolescente :)

    ResponderExcluir
  2. Tô contigo, acho que os blogs são um excelente instrumento de produção e circulação cultural, eles contribuem para a construção da "inteligência coletiva" como define o Pierre Levy. Já orkut não gosto, acho uma coisa superficial, meio narcisista, fetichista, sei lá. Ótima campanha.

    Só que também acho que ainda tem de haver um maior esforço do governo pela inclusão digital, afinal de contas, sabemos que mesmo com toda a popularização da web, ainda há muita gente excluída do acesso. Este acesso está ligado também a uma melhoria da educação, pois não adianta ter acesso às tecnologias sem se ter um olhar crítico sobre elas. Da mesma forma que estes meios informan, também podem alienar.

    Beijos e ótimo fim-de-semana.

    ResponderExcluir
  3. Olá Vivien complementando sua opinião gostaria de ressaltar a qualidade dos assuntos postados, independente do tema. Parece uma viagem no intelectual das pessoas... Ótimo final de semana...

    ResponderExcluir
  4. Márcia, pois é: o que eu digo pra essas pessoas é o seguinte....assim como na literatura e no jornalismo, existem os mais interessantes, os menos interessantes, os mais politizados, os mais divertidos, etc.
    A diferença é que qq um pode ter , fazer e ler.;0)

    ResponderExcluir
  5. Tiago, análise perfeita.
    Essa questão que vc levantou : "Este acesso está ligado também a uma melhoria da educação, pois não adianta ter acesso às tecnologias sem se ter um olhar crítico sobre elas. Da mesma forma que estes meios informan, também podem alienar.", sempre foi um ponto que tentei discutir dentro das escolas que trabalhei.;0)

    ResponderExcluir
  6. Ronald, acho que acompanhamos a leitura de mundo das pessoas, "viagem intelectual" é uma expressão muito interessante.;0)

    ResponderExcluir
  7. Proibido8:22 AM

    Excelente seu texto, como excelente é seu blog.
    Vim agradecer seu comentário de quem sabe o que tá falando e tive a grandiosa surpresa de encontrar este seu espaço tão sóbrio e tão inteligente.
    Espero que continuemos a nos visitar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Proibido, obrigada. Deixe seu link e vamos conversando, porque a blogosfera é pra isso mesmo.;0)

    ResponderExcluir
  9. denise11:24 AM

    ô, minha linda, o wordpress me faz passar cada vergonha... Imagine que ele enviou seu comentário para a pasta de spam. Já marquei lá que você não é tal coisa, imagina!
    Realmente, se fosse na Central do Brasil, o trem todo teria entrado na briga das mulheres, he he.
    Quanto aos blogs, eu também tinha essa idéia de que era coisa de diário adolescente, até que percebi a diversidade cultural e a democrática expressão de cada um.
    Estou há dois anos blogando e não consigo parar.
    beijo, menina

    ResponderExcluir
  10. por que essa bronca com o Orkut? Tu gostas de blog mas não dessas coisas de internet, é isso?

    ResponderExcluir
  11. Denise, ia ter briga com torcida e tudo....rs

    ResponderExcluir
  12. Urubua, vc sabe que tenho orkut, mas acho inútil. Tb gosto de coisas inúteis.Mas não as comparo...não é algo tão interessante e sedutor quanto o orkut.
    beijocas.

    ResponderExcluir
  13. Anônimo3:58 PM

    pô, gostei da sua visita!
    seu blog é ótimo!
    Elisabete cunha

    ResponderExcluir
  14. Elisabeth, obrigada.;0)
    Deixe seu link e voltarei pra te visitar.bj.

    ResponderExcluir
  15. Também adoro ler blogs! Me encantam... E só consegui ter um quando desisti de me preocupar e passei a me divertir!
    No Roccana faço terapia, me divirto e, acima de tudo, aprendo com os comentários de pessoas maravilhosas que passam por lá! Tem sido uma experiência maravilhosa!
    E viva nós!! :))

    ResponderExcluir
  16. Ana, muitas pessoas já me disseram isso: ue o blog tem dons terapêuticos. E eu assino embaixo.;0)

    ResponderExcluir
  17. eu concordo com vc que blog e orkut são coisas diferentes. por isso, não vejo nenhum sentido em uma campanha do tipo "troque seu orkut por um blog".

    no fundo, algumas pessoas (não estou falando de vc, é claro) gostam mesmo é de ser autoritárias, de dizer o que é bom e o que é ruim para os outros. ainda não se acostumaram que na internet tem espaço para todas as formas de expressão, e que cada um escolhe livremente o que quer fazer. tem sempre alguém escorregando e dizendo o que os outros devem fazer.

    não é o blog ou o orkut que é mais ou menos narcisista, e sim as pessoas que fazem uso deles. navego por blogs em que as pessoas se expõem muito mais do que no orkut, por exemplo, mas e daí? são ferramentas diferentes, redes diferentes, hospedadas no mesmo ambiente virtual. o quanto você se expõe é decisão sua, de mais ninguém. e viva a liberdade que a internet propicia. quem não gosta, não volta, é bem simples.

    também acho que estamos falando de uma minoria. acabamos esquecendo que existe uma maioria excluída deste mundo. ou porque não tem acesso, ou porque não tem interesse. o mundo é bem maior do que a internet, embora eu adore isto aqui, curta muito as redes, os blogs e tudo que diz respeito a esta interação.

    e vou fazer campanha contra esta campanha do "troque seu orkut por um blog", hahahaha... que tal "crie TAMBÉM um blog"?

    ResponderExcluir
  18. Vivinha,
    Falou e disse.
    É encantador,adorei,voce bem que tinha razão, agora...estou na área.
    Bjs
    Mamãe

    ResponderExcluir
  19. Bem... eu sou louca por blog, né? Sou suspeita pra falar do assunto. Mas uma das coisas que você escreveu me parece ser o ponto de divisão mesmo entre os que gostam ou não de blogs: gostar de ler.

    ResponderExcluir
  20. OI
    Sou do blog, do e-email, do orkut, do gazzag e totalmente pro internet sem preconceitos disso ou daquilo.....Uns gostam dos olhos e outros da ramela e devemos respeitar as diferenças se queremos ser democráticos.
    teu blog ta legal, não precisa desqualificar quem gosta do Orkut e nem quem não gosta de internet.
    tenho dito.
    Reinaldão

    ResponderExcluir
  21. nem sei o que seria de mim sem blog...meu ou dos outros...

    ResponderExcluir
  22. Márcia, gostei do seu comentário, me fez rever a situação...sua "campanha" ficou bacana.;0)

    ResponderExcluir
  23. Mãe, sabia que vc ia gostar.;0)

    ResponderExcluir
  24. Cláudia: PERFEITOOOO...;0)

    ResponderExcluir
  25. Reinaldo, não é pre-conceito...é pós -conceito.;0)
    Acho os blogs muito mais interessantes.

    ResponderExcluir
  26. Tati,assino embaixo.;0)

    ResponderExcluir
  27. Vivien, é isso aí. Confesso que sou viciada em alguns blogs...

    ResponderExcluir
  28. Babs, mas não tem como resistir, certo? Eu adoro.;0)

    ResponderExcluir
  29. Alexandre, beijos.;0)

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: