31 outubro 2007

"Ora Yèyé , Oxum...!"









Estou quase de óculos, quase de volta a vida.
Por hora, deixo vocês com música linda, mágica. Ouçam até o fim, porque a saudação feita no final é linda.

Esse texto aqui retirei do blog Candomblé - o mundo dos orixás:

"Oxum


Dia da semana: Sábado
Cores: Amarelo – Ouro
Saudação: Eri Yéyé ó!
Elementos: Água Doce (Rios, Cachoeiras, Nascentes, Lagoas)
Domínios: Amor, Riqueza, Fecundidade, Gestação e Maternidade
Instrumento: Leque com espelho (Abebé)


Na Nigéria, mais precisamente em Ijesá, Ijebu e Osogbó, corre calmamente o rio Oxum, a morada da mais bela Iyabá, a rainha de todas as riquezas, a protectora das crianças, a mãe da doçura e da benevolência. Generosa e digna, Oxum é a rainha de todos os rios e cachoeiras.

Vaidosa, é a mais importante entre as mulheres da cidade, a Ialodê. É a dona da fecundidade das mulheres, a dona do grande poder feminino. Oxum é a deusa mais bela e mais sensual do Candomblé.

É a própria vaidade, dengosa e formosa, paciente e bondosa, mãe que amamenta e ama. O primeiro filho de Oxum chama-se Ide, é uma verdadeira jóia, uma argola de cobre que todos os iniciados de Oxum devem colocar nos seus braços. Oxum não vê defeitos nos seus filhos, não vê sujidade. Os seus filhos, para ela, são verdadeiras jóias, e ela só consegue ver o seu brilho.

É por isso que Oxum é a mãe das crianças, seres inocentes e sem maldade, zelando por elas desde o ventre até que adquiram a sua independência. Os seus filhos, melhor, as suas jóias, são a sua maior riqueza.


Características dos filhos de Oxum


Dão muito valor à opinião pública, fazem qualquer coisa para não chocá-la, preferindo contornar as suas diferenças com habilidade e diplomacia. São obstinadas na procura dos seus objectivos.

Oxum é o arquétipo daqueles que agem com estratégia, que jamais esquecem as suas finalidades; atrás da sua imagem doce esconde-se uma forte determinação e um grande desejo de ascensão social.

Têm uma certa tendência para engordar, a imagem do gordinho risonho e bem-humorado combina com eles. Gostam de festas, vida social e de outros prazeres que a vida lhes possa oferecer. Tendem a uma vida sexual intensa, mas com muita discrição, pois detestam escândalos. Não se desesperam por paixões impossíveis, por mais que gostem de uma pessoa, o seu amor-próprio é muito maior. Eles são narcisistas demais para gostar muito de alguém.

Graça, vaidade, elegância, uma certa preguiça, charme e beleza definem os filhos de Oxum, que gostam de jóias, perfumes, roupas vistosas e de tudo o que é bom e caro.

O lado espiritual dos filhos de Oxum é bastante aguçado. Talvez por isso, algumas das maiores Yalorixás da história do Candomblé, tenham sido ou sejam de Oxum."

20 comentários:

  1. Vivien, melhoras. Espero que fique bem logo!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Hahaha você viu a coincidência? Eu postei uma música pra Xangô!

    ResponderExcluir
  3. Vivien, passando prá deixar um beijho e o desejo de bom feriado.
    Estaremos ausentes neste final de semana.
    Segunda-feira, tudo normal de novo.
    Beijo, menina

    ResponderExcluir
  4. Viven

    Essas histórias de camdomblé me fascinam, acho que em outra encarnação eu arrodiava por aí. Meu marido é filho de OXUM e sempre pensei que fosse pai e não mãe.
    Adoro a Clara Nunes!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Ah, que lindo esse texto...
    Fiquei com vontade de chorar, sou preta, e isso me emociona muito.
    Beijo cegueta, hihihi!

    ResponderExcluir
  6. Carol, que os orixás nos abençoem nesse final de ano...rs
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Valter, bom feriado pra vcs...beijos.

    ResponderExcluir
  8. Rosamaria, gosto dessas questões mitológicas.;0)
    beijos.

    ResponderExcluir
  9. Karen, essa música pega pesado, né?
    beijos.

    ResponderExcluir
  10. Vivinha,
    Pouco ou nada,entendo de candomblé.
    Deveria ser mais espertinha quando a isso, porque nossa família já teve e tem várias pessoas ligados ao espiritismo.Até gosto dos rituais, mas...como disse, não entendo nada. Para mim, Oxum é uma entidade masculina.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Mãe, Oxum é a orixá dos rios e da maternidade. Também não entendo bem, quem sabe melhor é o Bruno Ribeiro, mas acho super interessante.;0)

    ResponderExcluir
  12. Vixe! Jah ta no meu orkut.
    beijos
    Frou

    ResponderExcluir
  13. Frou, música mágioca taí. beijos.

    ResponderExcluir
  14. Vendem esses cartões postais por toda Salvador. São bonitos...

    ResponderExcluir
  15. Tar, eu trouxe vários, são mesmo lindos.;0)

    ResponderExcluir
  16. Jorge ti ogum4:20 PM

    Neste dia especial para todos nós

    Eri Yéyé ó!

    ResponderExcluir
  17. Jorge, beijos e volte semrep.
    eri yeye ó.

    ResponderExcluir
  18. aluqem pode traduzir pra mim o que significa eri yeye ó.?

    ResponderExcluir
  19. ###Rauan, é a saudação da orixá, mais do que isso eu não sei. Não sou do candomblé, sou presbiteriana.;0)
    beijos.

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: