31 janeiro 2007

Possibilidades ?


A minha amiga Alek me disse que , ultimamente, repete uma espécie de mantra que aprendeu com no blog no Inagaki : " a vida é boa e cheia de possibilidades".
Hum.
Eu jurto que tô tentando, Alek....mas , pela primeira vez na minha vida, tô duvidando disso.
Em vários momentos, quando uma faceta da vida ia meio mal, eu ia a reboque em todos os prazeres que a vida profissional me dava, e sempre, sempre dava.
Oh, baby, essa parte está uma bela catástrofe e , pela primeira vez, penso , com seriedade em mudar de área.
Mudar de área com 38 anos? Depois tantos anos como professora, depois de um mestrado calcado na experiência e nas propostas de novas formas de educação? Pois é, nada animador.
Há poucos posts, eu disse , brincando, que queria ser blogueira.
O que acho que quero é retomar a paixão que sempre tive pelo trabalho e que, aparentemente, me deixou. Nesse momento, me sinto perdida aí, nas escadas enlouquecidas do Erscher.
Alguém me tire daqui.

31 comentários:

  1. calma, meu bem, muita calma!@

    ResponderExcluir
  2. *


    o momento sempre é terrível, mas sacudidas na vida sempre nos jogam pralgum lugar inusitado.
    tomara que essa faça isso com vc, e o inusitado se transforme no desejado.
    tô de dedos cruzados.
    boa sorte.



    *

    ResponderExcluir
  3. Adriana2:04 AM

    Vi, com certeza nao perdeste essa garra tao admiravel sua, de repente uma mudança faz bem...reflita bem e com muita calma tome decisoes, mude e se precisar de uma amiga estou aqui, mesmo estando do outro lado do oceano...
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Tb ando me sentindo perdida, Vivien... felizmente, é tudo uma fase!
    Beijoca

    ResponderExcluir
  5. Vivien:
    Concordo com o Inagaki e a vida tem, mesmo, muitas possibilidades. Nela, a mudança é uma constante e não devemos ter medo de mudar.
    Eu, por exemplo, mudei várias vezes, troquei o que fazia, experimentei coisas novas. E ainda continuo experimentando porque, afinal, a vida tem várias possibilidades.

    ResponderExcluir
  6. gugala11:21 AM

    Vivien, blogueira vc já é. O difícil(não conheço ninguém) é viver disso. Já as escads de Escher sempre trazem ao mesmo lugar, mas com uma perspectiva diferente. O quê pode ser a solução.
    Aliás, tudo tem solução.
    Soluçar faz parte.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Vivien,
    minha linda, a gente sempre passa por um momento desses onde tudo parece ir contra as nossas expectativas, acho que faz parte! Às vezes saímos logo da hesitação, noutras ficamos mais um pouquinho, para aprender, para entender.

    A gente só não pode deixar de acreditar que irá encontrar, entender, aprender. Senão tudo perderá o sentido, o que já aprendemos, o que teremos pela frente.

    E nunca, nunca é tarde para que mudanças aconteçam. Elas podem parecer estafantes pelo tempo que nos tomam, pela urgência em fazermos diferente, de não repetirmos os erros, mas valem a tentativa.

    Não está sozinha nessa, minha querida, e isso não é um consolo, é uma verdade. Estamos torcendo por você, e estaremos por aqui quando a faceta blogueira quiser dividir essas angústias.

    Não duvide disso não...
    Não duvide de você.

    Beijo grande, coragem e muita luz nessa nova e antiga jornada, que é crescer!

    ResponderExcluir
  8. Vivien,
    querida, já ia esquecendo: a edição deste mês da Revista Entrelivros traz um dossiê sobre o Gabo.

    http://www2.uol.com.br/entrelivros/estatica/sumario.html

    beijo

    ResponderExcluir
  9. Xon, obrigada pela torcida.

    ResponderExcluir
  10. Dri, mudanca e bom quando a gente esta na pilha de mudar....eu nao estou....

    ResponderExcluir
  11. Camu...fase que eu nao esperava...rs

    ResponderExcluir
  12. Lino, as mudancas sao muito boas sim...quando sao fruto do desejo, mas nesse caso, impulsionadas pela necessidade, perdem a poesia.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Alek, o Xon diz que blogar e terapia coletiva. Menina, to no diva...pode crer...

    ResponderExcluir
  15. Guga, eu sei que tudo tem solucao, meu lado racional sabe disso. Mas ele e 50%, os outros 50% me fazem bater com a cabeca na parede....rs

    ResponderExcluir
  16. tá difícil ser professora hoje em dia mesmo. Se é que isso serve de consolo, não é só no Brasil, não - sei de outros países em que os professores também são sempre os últimos que falam e os primeiros que apanham.
    Eu também me pego pensando em fazer outra coisa, mas eu já tentei uma vez e aprendi que dar aulas é um vício irrecuperável. Sem nem perceber, a gente volta.
    Enfim, tô no mesmo buraco, o que deve ser sinal de que vc vai mal mesmo: sua companhia é um urubu ;)

    ResponderExcluir
  17. Guenta ai que a coisa vai melhorar.

    ResponderExcluir
  18. Maroto, a sua companhia eu adoro!0)

    ResponderExcluir
  19. Tar, hummm...sei nao, amigo.

    ResponderExcluir
  20. Adriana1:14 AM

    Vi, a vida nem sempre e poesia, mas voce pode fazer que essa mudança se torna uma poesia...Beijinhis e leia o meu blog.

    ResponderExcluir
  21. Nêga,
    No auge de meus 38 anos corro para me formar em História, com a perspectiva de sair direto para o mestrado.
    Compromisso com a profissão de educador é como um dia quente no Rio de Janeiro, em que você volta pra casa toda suada e quando vai subindo a ladeira a chuva cai.
    A princípio, a chuvinha é reconfortante, mas quando começa a molhar tudo que está dentro de sua bolsa, começa a incomodar.
    Dá tempo de pensar na felicidade das folhas das árvores ao receberem a chuva, daí, quando você poderia estar chateada, você percebe que já está quase chegando em casa.
    Acredito que o campo da educação é para quem quer se molhar completamente, mas se tiver a oportunidade e coragem para abraçar outras possibilidades, vá em frente. Apesar de que para estar "educador" é preciso ter muita coragem mesmo.
    Bj.

    ResponderExcluir
  22. Glória, um amigo querido colocou na dissertqção dele que eu era uma "paladina da educação". Era assim que eu me sentia, mas to mais pra uma versão cansada de d. Quixote...;0((((
    beijos.

    ResponderExcluir
  23. eu tbm vivo pensando em mudar... mas enfim...

    ResponderExcluir
  24. Vivien11:12 AM

    Adriana, eu não pensava.;0(
    beijos.

    ResponderExcluir
  25. Cade a saida da escadaria??? Serah que a gente encontra?

    ResponderExcluir
  26. Minha querida, se percisar eu estou por aqui...e no mais já que estamos vivendo situações bem parecidas, eu só posso desejar que vc nõa perca sua fé, nem desanime!!! Força na peruca e um beijo no coração.

    ResponderExcluir
  27. Eu nem te ligo rsrsrs !!! É resolvi voltar para esse troço aqui. bjo

    ResponderExcluir
  28. Jan, obrigada mesmo.;0)

    ResponderExcluir
  29. Renatinha, eu ate tirei vc da minha lista de links,.,..rsrs...vc tinha abandonado o blog antes dele nascer...rsrsr....beijos

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: