28 março 2010

"Mais do que a "alegria da posse", promete a alegria da inscrição na sociedade." Clóvis de Barros Filho (ECA)







Para quem se lembra dessa peça, ela foi veiculada por um tempo e posteriormente proibida pelo CONAR. Uma ONG elaborou uma outra, onde crianças de rua eram mostradas em diversas situações, sob o "mantra" : "eu não tenho, você tem...", como uma forma de responder à essa lunática propaganda eutenhovocênãoteeeeeem.

O documentário abaixo é fantástico, se tiver tempo, assista. Refletir sobre a criação de um pequeno exército consumista é necessário, pois manusear o desejo infantil e transformá-lo em um mecanismo de lucro desenfreado é algo assustador.










5 comentários:

  1. Os pais hoje se vêem numa missão muito complicada, pois são seduzidos a todo instante a todo instante a TER. Como vão ensinar os filhos a SER em primiro lugar?
    Verei o documentário assim que puder.
    bj

    ResponderExcluir
  2. Vivinha
    São casos abusivos de publicidade e marketing, que ultrapassam todos os limites do bom senso. Se tirarem do ar, apelam para a liberdade de expressão, é ficar entre a cruz e a espada.bjs

    ResponderExcluir
  3. olá tenho SELINHO pra vc no meu blog http://crepsculoflor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Menina, tinha apagado da mente esse comercial!!! :PPP

    ResponderExcluir
  5. ***Fatinha, obrigada! beijocas.

    ***Lu, eu procurei a "resposta" feita por uma ong...em que garotos de rua cantavam :"eu NÃO tenhooo, vc teeeemmm.", mas não achei.
    Impressionante até onde chega a publicidade brasileira..
    beijos.

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: