01 novembro 2008

Uma perua incomoda muita gente






Já comentei por aqui que eu não fui uma garota vaidosa. Pelo contrário, não fazia as unhas, usava tênis furado, jeans e camiseta. Achava sinceramente que toda e qualquer vaidade era prova de burrice. Obviamente, burrice era ter um pensamento tão estereotipado, e imaginar que usar bontons e camisetas iriam comprovar intelectualidade. Então o caso é que faz tempo que passei dessa fase. Agora, mais velha e cada vez mais avessa aos estereótipos e padrões de comportamento, me assumo como a mais completa perua. E isso já faz tempo, desde a entrada na balzaquice. Virar balzaquiana foi uma experiência onírica.
Fazer 30 anos foi muito simbólico pra mim: chegar a maturidade me deu a possibilidade de pintar as unhas de vermelho e achar maravilhoso, usar salto diariamente e me sentir ótima, fazer escova, chapinha e todas essas paradas que deixam o cabelo lindo, liso e flutuante na cabeça ( eu sei que sou colonizada, eu sei, eu sei, mas renego o cabelo crespo, dá licença! acho lindo nos outros, mas prefito o meu liso, liso totalmente, pela força de um secador nervoso )
Enfim, o que me deixa intrigada é como isso pode incomodar. Claro que existem pessoas que curtem, existem pessoas que nem notam, nem ligam, estão totalmente na delas...e existem as pessoas que se incomodam. Pessoas que se incomodam com a vaidade alheia.
Comentam a roupa, comentam o cabelo, ironizam aqui e ali, parecem mais preocupadas com a cor dos meus tamancos do que eu mesma. Cara, um pé no saco. Eu particularmente não sou adepta das ironias, portanto, me faço de idiota e continuo conversando, mas me sinto incomodada. Porque a ironia sistemática é sempre uma forma de bullying e isso é sempre uma forma de violência.
Outro dia, conversando com uma conhecida, vi que ela insistia em um gesto onde levantava os braços e deixava à mostra - olha, que rebeldezinha, gente, uma coisinha linda - as axilas não depiladas. Isso mesmo, as axilas nunca, nunca depiladas, um pesadelo. E esse gesto no maior estilo "isso é ser feminista, nega".
Não, gente, isso é ser porca, só isso.
Não consigo fazer um link real e significativo entre intelectualidade e /ou movimento feminista e axila com pelos. Ai, que nojo.
Pois é, crianças, "de modos que " eu tenho que aturar algumas ironias desse povo que precisa usar uniformezinho "olha como sou inteligente, tio". Eu tô fora.
Simplesmente me nego a pertencer a um grupo amarrado a um padrão, não sou um número, sou uma pessoa com todas as qualidades e defeitos, com todas as idiossincrasias inerentes a um indivíduo que se percebe como sujeito. E me recuso a permitir que me definam, me rotulem ou que me mudem.
Eles que vão procurar um divã.

20 comentários:

  1. Vivinha,
    huuuummmm...que nojo mesmo. Isso é sinômimo de desleixo, relaxamento, preguiça.
    Quando vc começou a mudar, e perceber que alhos,não é bugalhos, eu adorei.
    É a intelectual, inteligente, a profissional mais competente e perua que conheço e admiro.
    Bjs
    Mamãe

    ResponderExcluir
  2. Mãe, vc tinha que ver minha cara de paisagem....sofrendo com classe...rs
    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Vivien. A peruíce é um estado de espírito qúe só se atinge depois de muiiiiiiiiiiiiita iluminação. Peruíce chique, como a sua, claro. Agora, sovaco cabeludo só não é pior que raiz de cabelo não retocada, calcanhar rachado e unha descascada.
    bj , gloriosa perua blogueira

    ResponderExcluir
  4. Sou peruíssima, Vivien! Até nisso a gente se parece. Adoro meus cabelos lisos (santo formol!) e vermelhos (abençoado koleston!), uso salto todo dia e adoro coisas de mulherzinha. Isso é falta de inteligência, engajamento sócio-político-cultural, futilidade?!?!? Ah... fala sério, né?

    ResponderExcluir
  5. ***Maris, elevação de espírito!! haha, beijos.

    ***Cláudia, o caso é quem tem gente muito bitoladinha em padrões, né?
    beijocas.

    ResponderExcluir
  6. Eu sou uma perúa véia assumida, hahahaha

    Uso unhas vermelhas há muitíssimos anos, mas só fiquei feliz quando assumi meus crespos. Era um suplício! Não existia escova nem chapinha. Agora gosto mais deles assim.

    Eu era muito criticada pelas minhas cunhadas por andar pintada, penteada e de salto alto. Isso pq elas nem sabiam fazer nada disso e eu sempre me arrumei sozinha, até fazia minhas unhas. E eu pensava: minha vingança sará malígrina! Pois hoje sou 'ídola' das filhas delas. Só não tô podendo usar salto, mas um dia voltarei a usar, se deus quiser!

    Continua como és e não liga para o que os outros disserem.
    Bjim.

    ResponderExcluir
  7. está excelente! revela caracter, inteligência, e sentimentos profundos...


    ADOREEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI

    vou adicionar e deix meus links p troca

    http://casasantoamaro.blogspot.com/

    http://caos-caslas.blogspot.com/

    http://br.youtube.com/watch?v=KHvIM-_sA5g

    http://br.youtube.com/watch?v=YT3myuJsHSk

    http://br.youtube.com/watch?v=ysRcaxrWIVA

    http://br.youtube.com/watch?v=v5oNfpFK8DM

    ResponderExcluir
  8. kkkkkkkkkkk

    As suas unhas vermelhas são demais! Mas os cabelos Maria Bethania tb... kkkkkkkkkk (rolando de rir)

    Eu sei, o cabelo tá ´errado´...

    E viva os enta!

    bjs
    Frou

    :o)

    Ps: outro dia eu lembrei daquela nossa conversa quando fui nadar... Do nada, percebi que estava intelectual... Menina! Entrei na piscina rapidinho... e fiquei feliz que não tinha mais ninguém... e sai de mansinho... kkkk

    ResponderExcluir
  9. ****Rosamaria, o que acho é que não há certo ou errado, o lance dos outros ficarem vomitando regras me irrita! adorei sua vinganã maliiiigrrrrina...rs
    beijos.

    ***Intervenção, cada um no seu quadrado...rs..beijocas e volte sempre.

    *** Frou, hahahahahah....quase morri de rir!!!
    Entrou rapidinho na piscina, heim?...rs
    Ah, tô super maria betânia hoje, ai, que ódio...rs
    beijos.

    ResponderExcluir
  10. Sou sua fã! Beijos pra vc sua perua linda. Também adoro pintar cabelo, me depilar, usar salto, usar um monte de coisa pendurada, e agora arrumei uma manicure que diz que mulher sem esmalte vermelho não é mulher, hahaha! Ser mulher é o máximo. Saudade...

    ResponderExcluir
  11. Vivien, achei particularmente poderoso isso aqui:
    "Porque a ironia sistemática é sempre uma forma de bullying e isso é sempre uma forma de violência."
    Você tem razão, toda razão.
    E é claro, somos mais que um rótulo. Somos a garrafa inteira! Incluindo o delicioso recheio!
    OK, eu paro de fazer analogias bestas...
    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. ***Karen, tô com saudades!
    E eu adoro tudo isso, batons e perfumes e tudo que tenho direito...rs
    beijão.

    ***Babs,pois é, menina, eu detesto esse tipo de agressão "bacaninha", acho baixa...
    beijão pra vc, saudades!

    ResponderExcluir
  13. Adelino11:37 AM

    Vivien, o problema da maioria das mulheres é que estas teimam em obedecer aos "figurinistas", aos pretensos ditadores da moda, e não ao gosto da maioria dos homens comuns.
    Nada mais bonito, mais feminino do que uma mulher com um vestidinho caseiro, cabelos molhados após um banho com sabonete comum, uma sandalinha "de dedos", evidentemente que com os pés bem cuiddos e unhas cortadas. Isto quado em casa.
    O resto são ilusões.
    Acho que falei demais.
    Um abraço. Ótimo fim de semana.
    Ah, sim, e quando no trabalho, nada de terninhos e nem sapato fechados.
    Aps.

    ResponderExcluir
  14. Adelino, tb acho que ficar refém da moda é uma roubada...beijos.

    ResponderExcluir
  15. Vivinha, a sua forma de ver a vida hoje, as suas reflexões sobre a sua experiência de vida até agora revelam que a blogueira, a intelectual e a baderneira são sua sombra e sua luz pessoal.
    Sempre achei que você tinha jeito para o que quisesse.
    Graças a Deus você quer.
    Beijos, gloriapimentel.

    ResponderExcluir
  16. Tiiia! que surpresa deliciosa ver vc por aqui.;0)
    Obrigada pelo comentário tão maneiro, mas como sempre digo, a leitora que sou é resultado da tia-professora que vc é.
    beijos.

    ResponderExcluir
  17. Ricardo3:44 PM

    Vivinha, será q essas pessoas não perceberam o mundo a sua volta?.. q tudo muda...
    Vamos falar de um exemplo bem interessante... o nosso presidente.... ele não usa mais camisetinha furada pra dizer q é do povo... né?
    Acho q todos passam por uma renovação e pra q ficar no passado?.. remoendo... kkkk ... pq pra mim, isso não é demostração de intelectualidade.. e sim ser retrógrado.
    Bjos

    ResponderExcluir
  18. Ricardo, exatamente....mas quando o pessoal insiste nessa chatice, eu durmo...rs

    ResponderExcluir
  19. Oi, passei pra conhecer. Mas que pessoa é essa minha gente! Até Madonna aderiu à depilação. Dói, mas é necessária. Um beijo e depois me conta sobre o cabelão!

    ResponderExcluir
  20. Charô, menina, engraçada era minha cara de coerência....rs
    beijocas e volte sempre.

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: