04 novembro 2010

Gauchismos








Faz algum tempo, o Bia me emprestou alguns livros bacanas, entre eles, o Música Perdida, escrito por Assis Brasil. Na época, muito impressionada com o livro, escrevi uma resenha e a publiquei aqui.
Agora, vendo que a Copa de Literatura vai acontecer, vi que o autor estaria envolvido e achei seu email. Joguei a vergonha no saco e escrevi para ele - mesmo com aquele receio de ser pentelha - e mandei a resenha.
Para minha grata surpresa, ele me respondeu rapidamente e de forma absolutamente gentil. O que reforça minha tese que a arrogância pertence aos mal amados e medíocres, pois quem tem uma carreira sólida e respeitabilidade, não precisa desses artifícios.
Para felicidade do meu ego querido, o professor Assis Brasil elogiou a resenha e pediu (!!!) para linká-la em seu site. Quasei pulei, né, crianças. Afinal, o que uma blogueira comum como eu estaria fazendo por lá? Adorei mesmo, pra mim é uma honra poder dar meus pitacos dentro da obra de um autor tão especial.
Após alguns emails, tomado de "gauchice", Assis Brasil escreveu:

"Buenas (desculpa; é que acordei muito gaúcho, hoje).
Tua bela resenha já está no meu site, inclusivamente com um link para o teu blog.
Mais uma vez, miles de gracias,
e um quebra-costela bem cinchado do
Assis Brasil
PS.: minha gauchice passa; amanhã estou normal..."


Depois de rir com a expressões peculiares desses sulistas, perguntei se poderia publicar isso no meu blog. E ele, ainda no arroubo da gauchice, respondeu:


"Buenas e me espalho! Nos gordos dou de plancha e nos magros
dou de talho!
Mas é claro, guria, podes botar o meu chasque no teu blog.
Vai ficar mais lindo que beijo de prima, e eu mais faceiro
que guri penteado.
Um quebra-costela bem cinchado do
Coronel Assis Brasil [todo gaúcho-homem é coronel --
ainda estou sob o ataque de gauchidade. Depois do meio-dia,
quando eu já tiver engraxado o bigode com um costilhar de
ovelha, já serei brasileiro de novo]"


O site do professor(ou coronel?) Assis Brasil é esse aqui, e pra quem não leu, minha resenha é essa.

*** publicado originalmente em abril em 2008.

16 comentários:

  1. Oigaletê porqueira!!

    ResponderExcluir
  2. Vivien!

    Olha: apesar do "porqueira", aquela exclamação que deixei aqui, depois de ler este post, não é depreciativa, de forma alguma, viu?

    Sei que o Assis brasil sabe disso, mas não custava nada voltar aqui e explicar melhor!

    Na verdade o oigaletê porqueira é usado como uma vibração, uma exclamação, aprovação...

    Adoraria saber explicar melhor! Socorram-me, outros gaúchos!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Vivinha
    "Chic no urtimo" Parabens.
    Bjs
    Mamãe

    ResponderExcluir
  4. Não sei se é porque sou mineiro-uai-sô que senti alguma dificuldade em processar os comentários do professor Assis. Mas é muito legal ter seu blog linkado por alguém importante (falo como se compartilhasse esse sentimento hehe) principalmente quando se é blogueiro por paixão e não por profissão.

    Ah, e dando uma espiada no post abaixo, me sinto à vontade por aqui! Ainda bem que você gosta de nerds. Afinal, somos gente também, ué! =D


    Cheers!

    ResponderExcluir
  5. Ana,ainda bem que vc explicou...ahhhh
    adorei,beijos.;0)

    ResponderExcluir
  6. Elisabete,bacana mesmo.beijos.;0)

    ResponderExcluir
  7. Mãe,fiquei contente.beijos.;0)

    ResponderExcluir
  8. Rodrigos,nerds são sempre bem vindos por aqui...rs
    beijos.;0)

    ResponderExcluir
  9. Anônimo7:11 PM

    Vivinha, estava temporariamente fora do ar, problemas com o computador. Mas preciso de uma dica, sei que tens um amigo que escreve estórias infantis , pois um dia consegui linká-lo por aqui; você poderia me indicar qual o blog dele? É que agora também estou trabalhando com Educação Infantil e preciso de algumas estórias "fora do óbvio" para contar aos meus aluninhos! Beijos querida!

    ResponderExcluir
  10. Anônimo-amigo(a)-que-esqueceu-de -assinar...quem é vc??ahhah.(Pati?)
    Vc deve estar falando do Ricardo Ramos filho,o Lord,linkado aqui.
    Sugiro que vc dê uma boa passeada no blog dele,vale a pena.
    beijos.;0)

    ResponderExcluir
  11. Anônimo7:42 PM

    Vivinha, obrigado por ter respondeido. É a Cleise, não consigo postar com o meu nick,rsrsrsrs. Obrigado, vou dar uma olhada por lá. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Cleise,oiê.
    Entra logada que já posta com o nome direto,beijos e saudades,prima.

    ResponderExcluir
  13. O Assis é um cara muito querido mesmo. Só não chama ele de coronel, nem brincando, hehe.
    bj

    ResponderExcluir
  14. Olha só. Depois que botei o comentário, li direito o que ele escreveu brincando pra vôcê. E me deixou cair o qeixo. Esse Assis Brasil!

    ResponderExcluir
  15. Maristela,virei fã de carteirinha.;0)

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: