25 março 2007

Voando


O ano era 1990. Meu segundo ano na unicamp e a gente estava em uma festa no IFCH. Na época, havia apenas um curso noturno - matemática, curso do meu primeiro marido - e as festas aconteciam nas cantinas.Não havia a proibição atual.

Todo mundo bebia exageradamente, dançava exageradamente e sempre fazia alguma coisa que iria se envergonhar no dia seguinte.

Os engenheiros estavam como sempre, em grupos grandes e barulhentos,podiam ser vistos de longe: bonitos, sarados, carregando mochilas e falando de hq.
Eram divertidos, plugados, e , pelo menos os que eram os meus amigos, grandes leitores e garantia de uma conversa interessante.Sempre os preferi em detrimento aos deprimidos sem bunda do meu instituto.

Naquela época, estavam com uma de suas brincadeiras idiotas, fazer uma pessoa voar.

Mais ou menos assim; formavam um grupo, pegavam um mané qualquer, geralmente uma garota, e literalmente jogavam pra cima. Berravam e pegavam,jogavam de novo.Divertido e perigoso.

Eu estava com meus amigos quando vi R., uma amiga baixinha e delicada sendo abordada pelo grupo.Com minha mania absurda de ser mãe de todos, não titubeei, fui até lá e puxei-a pela mão.

- Solta a menina.AGORA.

O líder da intrépida troupe, cruzou os bracos na minha direção, rindo:

- ah...ela não vai voar?

- não. - eu disse, tentando ser uma heroína de pouco mais de vinte anos.

Ele olhou para o grupo:

- tá bom, ela não vai voar. Quem vai voar ....é VOCÊ.

Não tive tempo de reagir, me pegaram num átimo e me jogaram pra cima. Eu voei!!!

Foram uma, duas , três vezes. Eu berrava e ria, porque confesso, é divertido demais.

Me puseram no chão:

- ah, vai você gostou.....

- idiota.......

Saí com rabinho entre as pernas, não cheguei perto do bando durante toda a festa.

Mas eu confesso pra vocês. Eu gostei .

19 comentários:

  1. ah, como é bom quando os homens põem a gente nas nuvens!!!!!

    ResponderExcluir
  2. hahahah
    Maroto, maroto
    Na maioria das vezes deixam a tente cair no chão também!
    hahahha

    ResponderExcluir
  3. Hehehehe... voar por causa de um grupo de saradões bundudos?!?!? Tudibão!!!!

    ResponderExcluir
  4. Voou nas lembranças agora....bons tempos. Deliciosos tempos

    ResponderExcluir
  5. *




    e ganhou uma grande inimiga, porque a tua ex-amiga deve te odiar até hoje por vc ter ido no lugar dela.




    *

    ResponderExcluir
  6. Acho que o Sean tem razão... Você não sugeriu qu'ela fosse, depois? Nem ela se candidatou?

    ResponderExcluir
  7. Maroto, vc sempre acerta.

    ResponderExcluir
  8. Tati, ultimamente é isso que tem acontecido..hahahah

    ResponderExcluir
  9. Cláudia, confesso que vivi...rs

    ResponderExcluir
  10. Pablito, voei mesmo.;0)

    ResponderExcluir
  11. Xôn, não tinha pensado nisso...hahahah

    ResponderExcluir
  12. Lulu, eu tb ri.....rsrsrs

    ResponderExcluir
  13. Clélia, ela correu deles...rs

    ResponderExcluir
  14. Clélia, vc não sabe o que estava perdendo.....se eu soubesse como era gostoso, não teria "protegido" minha amiga.
    OU teria?;0)

    ResponderExcluir
  15. as festas da unicamp que frequentei eram as da engenharia agricola no inicio da decada de 80. o pessoar dancava ate afundar o chao, literalmente... mas nunca vi ninguem voando. :-)))

    ResponderExcluir
  16. Fezoca, nunca fui em festas por lá, a gente dizia que era reduto da udr jovem...heheheh
    beijos e volte sempre.;0)

    ResponderExcluir
  17. aline2:13 PM

    Ah, vc me fez lembrar de um episódio ótimo. Segundo grau. Mania dos meninos de fazer Corredor Polonês. Nos homens, tapa na cabeça e tudo. Agora, as mulheres, punham prá voar. Pegaram uma amiga minha, jogaram prá cima a vontade, passearam a mão nela a vontade - eu ali ao lado, vendo tudo. Quando colocaram ela no chão, a reação: " Ai, faz de novo?"

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: