21 novembro 2006

Um dia cinza



Roda viva
Chico Buarque

Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu
A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega o destino pra lá
Roda mundo, roda-gigante
Roda-moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração
A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega a roseira pra lá
Roda mundo, roda-gigante
Roda-moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração
A roda da saia, a mulata
Não quer mais rodar, não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou
A gente toma a iniciativa
Viola na rua, a cantar
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega a viola pra lá
Roda mundo, roda-gigante
Roda-moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração
O samba, a viola, a roseira
Um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira
Que a brisa primeira levou
No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda-viva
E carrega a saudade pra lá
Roda mundo, roda-gigante
Roda-moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração

9 comentários:

  1. Anônimo6:57 PM

    eta porra. pleo visto, hoje foi foda para todo mundo

    ResponderExcluir
  2. Anônimo8:29 PM

    Essa música é linda, mas sempre me traz melancolia. Me lembra as tardes de domingo na casa dos meus avós, antes dos meus pais se separarem há alguns "séculos". :)
    Bj.

    ResponderExcluir
  3. Tati, amanhã vai ser outro dia.;0)

    ResponderExcluir
  4. Felipe, muito, muito melancólica.;0)

    ResponderExcluir
  5. doença de paulista: melancolia.
    Será que vc pegou por aqui?
    Não se preocupe, cura antes de casar.
    bj

    ResponderExcluir
  6. Guga, ahhahahahahah....

    ResponderExcluir
  7. Arriscaria até uma filtrada: Paulistanos.

    ResponderExcluir
  8. Guga, pode ser. Eu sou paulistana, mas só por acaso. Só nasci por ai...será que deu pra "pegar" a melancolia???

    ResponderExcluir
  9. Andrea Frou9:59 PM

    Eu cantei essa musica em cada dia da minha adolescencia e inicio da vida adulta... Acho que agora o barco anda bem. Vixe! Anda bem.
    E viva o Chico Buarque Maravilhoso, divino e g...
    :o)

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: