17 outubro 2006

A comemoração celta

Sábado recebi uns amigos em casa, novamente. Desta vez, vieram W. e P., ele cozinhou e ela, junto comigo, cumpriu a função de "mexedora de risoto", porque a arte mesmo ficou com W., que além de químico e "treinador de gatos" ( ele conseguiu "ensinar" os filhotes de Sookie andarem de ré...) é um tremendo cozinheiro.
Sorte minha, do Daniel e de P., que adoramos o shitake, a salada, todos os detalhes.
Há algumas semanas, fui assistir a defesa de tese de W.
Nunca pensei que eu pudesse ficar duas horas sentada, sem entender naaaaaada. Mas não é
que não entendi uma coisa ou outra, não entendi naaada mesmo. Entendi muito mais em
uma aula de italiano que ele deu ano passado. E eu não falo italiano.
Fiquei lá, sentada com C., minha amiga queridíssima e namorada de W., dando aquele apoio de amigo : "não tô entendendo lhufas, mas tô feliz por você."
No sábado, jantamos, conversamos, passeamos a pé pelo condomínio, falando sobre planos de futuro, lembranças do passado, coisas boas e não tão boas do presente.
Receber esses amigos tão queridos em casa é praticamente um ritual pra mim, tem a força de um sacramento.
Ainda é tudo muito novo nesses jovens dois meses que moro na minha primeira casa, a primeira que comprei, sozinha. Comprar essa casa foi o ato mais simbólico em termos de independência e individualidade que já fiz. O dia que assinei a compra foi um dia de adrenalina até as sombrancelhas. Um dilúvio de sensações.
Cada vez que abro a porta pra um amigo, cada vez que a gente senta em volta da mesa pra rir e saborear os pratos, é, com certeza, um ritual mágico. Ritual de brindes, de ervas, de cheiros, de riso.
Vivien, aprendiz de sacerdotisa.

9 comentários:

  1. Ó, essa é a minha batalha. Comprar minha casa, meu pedaço de chão.
    Por isso, parabens porque é merecido!

    ResponderExcluir
  2. morro de vontade de fazer isso. amigos em casa tal. minha cozinha é exagerada de grande. digo que não tenho casa, tenho uma cozinha com quartos... e nunca faço isso. faltam os amigos que saibam cozinhar heheheh
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Tati, saca sensação total de aconchego?

    ResponderExcluir
  4. Cynthia, casa com cozinha grande não pode ficar vazia, é imoral.;0)

    ResponderExcluir
  5. Home, boy, home, boy, everybody needs a home, boy (Iggy Pop)

    ResponderExcluir
  6. hahaha é mesmo, vou ter que dar um jeito nisso...

    ResponderExcluir
  7. fico muito muito muito feliz por vc.
    pq sei q vc merece tudo isso e muito mais.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Cris, prima querida!!! obrigada.Eu te mando as fotos da casa e de toda obra que eu achar por aqui....arquiteta maluca.;0)

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: