26 julho 2007

Vivinha em São Paulo IV ou A prima


Quando eu era adolescente, vinha com meu pai passar parte das férias em São Paulo. O lance era rever meus avós,tios e primos, mas o que eu gostava mesmo era de ficar conversando com C., minha prima.
Tínhamos milhares de assuntos que se prolongavam por cartas, afinal, era uma era pré internet.Conversávamos muito, ríamos de tudo, como as adolescentes fazem.
Sei lá como garotas acham tudo engraçado, mas é assim que rola.
Passei um dia na casa de C., conversamos como antes, mas agora com outros temas: somos praticamente pós-balzaquianas, mães, etc.Mas foi tão bom como era nos idos 80.
Entre um papo e outro, tivemos a clássica sessão remember, Lembrando por exemplo como fazíamos a "brincadeira do copo".
Pra quem nunca "brincou", uma pseudo-macumbinha onde o copo funciona como oráculo, se movendo em direção de letras colocadas em círculo.
Ela lembrou:
- E aquele dia que a gente perguntava...."você já foi embora"!??? e o copo respondia.."já..".
Oha isso, espírito sacana esse....
À noite , comendo uma deliciosa pizza, C., se lembrou de algo insólito:
- Vivinha, vi o Marco na pizzaria....sabe o Marco? "não se esqueça mamãe" - cantarolou.
A mesa toda riu: todo mundo lembrava do clássico desenho japa de um garoto italiano cuja mãe vem pra América e ele passa séculos procurando-a. A cena que ela vai embora fez muita criança chorar.
P., marido de minha prima, procurou no mágico youtube....achamos marco reencontrando a mãe, marco fazendo isso e aquilo. Rolamos de rir.
C. sentenciou:
- Por isso nossa geração tem medo disso e daquilo, medo de perder a mãe...-risos - tudo culpa desse desgraçado desse Marco.
Pra quem não chorou tempos atrás e pra quem torcia pelo mangá triste, vai aí um pedacinho de ....Marco.
Tenha paciência e carregue o vídeo traumático até o fim.

16 comentários:

  1. Putz eu publiquei um post dessa história do copo há milianos, que claro eu também fiz muito isso! Mas a sua foi demais hehehehe


    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Márcia, vc não imagina....rs...e a gente morria de medo, a porra do copo não parava de andar...rs

    ResponderExcluir
  3. jayme3:06 PM

    Vivien, o Marco em português de Portugal é impagável.

    ResponderExcluir
  4. Jayme, assistimos ao encontro dele com a mãe em espanhol.Foi de cortar os pulsos...rs
    beijo.

    ResponderExcluir
  5. Quero não! Nem copo nem livro amarrado.. Sete voltas de linha para lá, sete para cá e enrosca a chave e pergunta... Tenho trauma!


    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sandra, a gente "brincava' direto com esse copo...rs

    ResponderExcluir
  7. Vivinha,
    essa coisa do livro que a Sandra falou fiz muito quando adolescente,
    era craque. O livro rodava pra esquerda ou para a direita(conforme
    a resposta) e caia.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Ai, Deus, que brincadeira do copo dá muito medo!!!

    Gente... na época de nossa infância e adolescência, era tão bonito ser triste e seqüelado, né não? Esse desenho é o ó! E eu que sou chorona, chorava com tudo. Lembro que, se minha mãe brigasse comigo, por exemplo, eu ia pra cama e ficava cantando "eu sou rebelde porque o mundo quis assim... porque nunca me trataram com amor..." e desandava a chorar compulsivamente... aff...

    ResponderExcluir
  9. Gente, nunca vi a história deste tal Marco...!? (onde eu estava???)
    Perdoe, Vivien, mas não deu pra assistir o vídeo todo! Melhora, no final?

    Brinquei de copo também, qdo menina, e tinha medo, apesar de desconfiar que alguém mexesse nele...

    Bom relembrar o passado!

    bjo,
    Clé

    ResponderExcluir
  10. Claudia, dei vexame de rir aqui.....rsr...sequelada...rs

    ResponderExcluir
  11. Clélia, que bom te ver aqui de novo!!!!!
    O desenho é pra cortar os pulsos..rs
    A "brincadeira" do copo ainva vai render outro post.;0)

    ResponderExcluir
  12. 'Tô voltando, aos poucos... Mas não deixei de te ler, não. Só não comentava...

    ResponderExcluir
  13. Clélia, bom saber!!! Mas é melhor ter vc como comentadora.;0)

    ResponderExcluir
  14. Vivien,
    Todo mundo brincou com o mesmo copo. Eu me borrava de medo dessa brincadeira.
    Beijão

    ResponderExcluir
  15. lord, eu jurei que nunca mais....mas tenho boas histórias pra contar...ahhahah

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: