19 junho 2008

Jocasta e Édipo - I




Encontro a criatura que eu chamo de filho no msn - ele estava na casa da avó - vejo o nick "Toddy" e pergunto:
- filho?
- não.
-??
- mula sem cabeça....
- o que vc está fazendo ai?
- batendo um bolo de banana.
- hahahahah...palhaço.
- seu filho.


*******
_Hoje você não me escapa, mãe, vai aprender a jogar xadrez, larga esse livro.
- ah, não...eu tenho preguiça...xadrez é muito chato...
- você já jogou?
- não, é chato, ué.
- ??????
- vai, vem cá, depois eu faço massagem por meia hora.
- bom, se é assim....
- olha só, aqui é o rei e ele anda assim, tá vendo...? e a rainha e....mãe! você não está prestando atenção...!
- tô sim, tô sim. Mó sacanagem esse jogo, todo mundo quer comer a rainha....rs
- que comer a rainha o quê!....quer capturar o rei..
- ah, tá...
- vai prestar atenção??? olha só, o que você faz quando um aluno não está estimulado? Me ajuda aí, mãe.....
- pô, filho, você sabe que tenho o maior preconceito com esse jogo....imagino um velho chato com cachimbo na boca e cara de intelectual.....
- mãe, vamos fazer assim....a gente podia comprar outros bonequinhos...sabe?
- ( interessada) por exemplo?
- ah, o Homem Aranha podia ser o bispo, o Wolverine o rei....e a rainha podia ser... o Shun.....ahahah
- hahahahahh..
- Ou a gente podia fazer um combate DC contra Marvel...
- Você joga baixo comigo, Daniel....rsr...tá bom....como é que eu movo essa torre aqui????


****** texto pulicado originalmente em 18/12/2006

10 comentários:

  1. Clélia Riquino3:22 AM

    Adorei, Vivien! Tb não sei jogar xadrez e tenho a maior implicância com o jogo... Não sou boa pra estratégias, antecipação de jogada, movimentação diferente pra cada peça no tabuleiro... é mto pra minha cabeça!!! Truco é outro jogo que me nego a aprender! Blefar não é comigo... não sai espontâneo! E as cartas têm outros nomes, tem de fazer sinal pro companheiro sobre a sua mão (dar piscada, fazer biquinho, coçar nariz, orelha, sobrancelha e o escambau!). TF! (= 'tô fora!)
    A ilustração do post é ótima! Tudo a ver...
    bjo,
    tenha um bom dia!
    Clélia

    ResponderExcluir
  2. Clélia, é exatamente por isso que sou umas péssima jogadora: sou óbvia!!!

    ResponderExcluir
  3. Clélia Riquino6:35 AM

    Eu tb.

    ResponderExcluir
  4. filho de peixa, peixão é.
    Legal a idéia deste xadrez comics.
    bj

    ResponderExcluir
  5. Guga, talvez esse eu jogue.

    ResponderExcluir
  6. Ainda bem, que prá isso nunca fui escalada, tinha o pai, para fazer a minha vez.
    Já atacava logo, de: sou limitada, não tenho tempo para me dedicar a isso.
    Fugi, e fujo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Vivinha,
    Muito bom!!!!! heheheh...
    Ele tb me pegou, ahahah... e eu aprendi namarra. Gostei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Anônimo9:05 PM

    bom, se o post é 2006 eu posso perguntar se vocês montaram mesmo um novo xadrez com novos "personagens"? ou você quem venceu do Daniel? digo, no sentido de não jogar nunca. risos...

    fábio shiraga não logado. ;-)

    ResponderExcluir
  9. Vivien, jogo Xadrez e gosto muito, só não encontro adversários para praticar um esporte tão violento...
    Brincadeiras à parte, eu que sempre fui favorável a que o ensino de Xadrez fosse obrigatório nas escolas, vejo com satisfação que na nossa Assembléia (Rio de Janeiro) existe um projeto-de-lei nesse sentido. E que já recebeu a aprovação da maioria. Boas notícias, portanto.
    Beijos, e ótima semana.

    ResponderExcluir
  10. ***Aninha, eu tb! Nunca aprendi, ainda tenho uma visão estereotipada, apesar da intervenção criativa do meu rebento..rs
    beijos.

    ***Mãe, ainda bem...aquela vez, na praia, eu podia fugir e ficar lendo, porque vc jogava.;0)
    beijos.

    *** Shira Não Logado, nunca jogamos, mas aposto que ele venceria. No WAR tomo uma surra lascada...rs
    beijos.

    *** Adleino, eu tinha vários alunos jogadores, quando trabalhava com adolescentes. Mas eu nunca me rendi.;0)
    beijos.

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: