12 abril 2011

Assim, assado.......( requentando post por conta de um papo matinal)


( Hoje na sala dos professores, falei que volta e meia colocava coisas que tinham rolado com eles e/ou com outras pesoas aqui no blog. Um professor me perguntou se nomeio as pessoas ou como eu as identifico. Bom, eu faço assim, ó;)








Recebi umas amigas pra almoçar ontem. Primeiro estávamos eu, amiga UM , amiga DOIS e um amigo-vizinho. Assim, com um elemento do outro gênero presente, a conversa foi divertida, porém comportada.
História de vida, religião, piadas, comida, casamentos e outros badulaques.
Depois que meu amigo-vizinho foi embora, o papo virou papo-mulherzinha, claro....tem um momento que tem que virar.No meio da conversa, falamos sobre o Marco Aurélio Garcia, tinhamos sido alunas dele, três gerações de unicamp. Concordamos que é um gentleman, cachimbando e falando com a tranquilidade que lhe é peculiar.Falamos sobre como é cheiroso - com certeza, o homem mais perfumado que já vi.
A estrutura de sua aula é diferente dos outros, os demais professores estabelecem uma análise em relação à fonte, um trabalho que pretende formar historiadores efetivamente.
Marco Aurélio, por sua experiência e atuação, tem outro foco. A aula tende a ser mais panorâmica, digamos.Sempre com muita propriedade e profundidade, claro.
Mas amiga UM me saiu com essa.:
- Eu gostava dele, principalmente, porque ele é meio gordo.
Olhamos pra ela. Continuou:
- Eu gosto de gordo.
Continuamos olhando, porque eu nunca tinha visto alguém dizer isso assim, sorridente, peremptória.
- Eu gosto sim, gordo me da uma idéia de ...idéia de abundância....
E a palavra abundância veio junto com um gesto desenhando uma barriga imaginária.Meio grande, claro.
Ela exemplificou:
- ué, vocês estão estranhando? eu tenho uma amiga que gosta de magro, magriiiiiinho.......
- franzino..? perguntei - aquela carinha de homem que não come carne?? Assim é horrível....
- isso...ela diz que adora ver ossos, costelas....franzino, frágil. - ela explicou.
Nessa altura ríamos de tudo, gordinhos, magrinhos, ossudos e comedores de carne.
- eu gosto de bonzinho - emendei - gosto de inteligente, "bom moço", meio sorvetão...sabe tipo o Hugh Grant,aquela coisa meio tímida, meio engraçada? Acho uma delícia.
Todas riam do meu homem ideal.
- eu até gosto daquele estilo super chiquérrimo, meio Al Pacino no Poderoso chefão...mas aquele controle todo, aquela segurança, me deixa nervosa. Sempre acho que vou deixar cair algo no chão - eu disse - Além disso, eu sou facilmente "enganável"...não saco sutilezas, com um cara assim, me ferro muito.Prefiro não ter que ficar "interpretando",sou lerda pra essas comunicações sutis....rs... acho chaaato....
Amiga UM continuava:
- meu problema é que tenho 49 anos e os gordos dessa idade sao feios...
- ué, tem gordinhos de 40...- sugeri.
- mas eu acho horrivel me envolver com homens mais novos.....
Amiga DOIS,que opta entre homens muito mais velhos ou muito mais jovens, veio em seu socorro.
- você está sendo preconceituosa....deixa fluir......
Amiga UM ainda sonhava alto:
- nunca casei com um gordo.( amiga UM casou três vezes)...hummm...gordo de terno preto.....uma loucura!
Rimos de novo.Papo super mulherzinha, né?

13 comentários:

  1. adoro os encontros femininos! adoro!

    ResponderExcluir
  2. Achei que vc não ia dar dica nenhuma sobre a amiga 1 e 2... felizmente apareceu e descobri as reais identidades das amigas 1 e 2... sobre o amigo-vizinho, ficou anonimo, mas tudo bem, acho que não o conheço msm.

    Detalher: onde estaria seu filho nessas horas ein?

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Tarcísio, reconheceu as duas?..hahhaha....o Daniel estava vendo tv, mas com a antena ligadíssima no papo...

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhhhh, eu gosto de nerdzinhos que usam óculos e não se importam com o visual!

    ResponderExcluir
  5. Menina prodígio, tô com vc e não abro. Se tiver coleção de HQ e jogar rpg, peço em casamento...rsrs

    ResponderExcluir
  6. Gordo é exagero, mas eu gosto de fofinhos também. Tem que ter carne pra pegar. Homem magrelo não rola :oP

    ResponderExcluir
  7. Andréa Frou10:39 AM

    Quero deixar aqui o meu registro intelectual sobre o coordenador da campanha do Presidente LULA a reeleicao:
    O Marco Aurelio realmente eh muito cheiroso!!!! hummmmmmm
    :o)

    ResponderExcluir
  8. Frou, isso aqui vai ficar absurdo...vou lançar a enquete: quem cheirou o Marco Aurélio???

    ResponderExcluir
  9. Anna, tem que ter carne na medida....;0)

    ResponderExcluir
  10. Eu reconheci o seu homem ideal... ele tb era professor mas não era cheiroso como o Marco Aurélio, "meio tímido, meio engraçado", "inteligente, bom moço, sorvetão (!)" com sotaque carioca kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    E sim, tb concordo com a Frou o Marco Aurélio era cheiroso, até o seu charuto era cheiroso, mas as suas aulas era muito 'panorâmicas' para mim kkkkk Lembro de um trabalho sobre o filme Danton e a Polônia que até hoje não consegui entender e não sei como fui pq até hoje ele não entregou os trabalhos. Na época ele disse que tinha aceso a lareira com eles!! É mole??? Até hoje não durmo direito por causa disso kkkkkkkk
    Um Bj,
    Mara

    ResponderExcluir
  11. Homem cheiroso é tudo! O nome do professor é verdadeiro? ;)
    Esse lance de 'papo mulherzinha' não poderia ser trocado por 'papo de mulheres'? Por que acho meio depreciativo e nunca ouvi alguém dizer que 'papo de homens' fosse 'papo homenzinho'.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  12. ***Mara, avemaria...rsrsrs....beijos.

    ***Luma, Vc não conhece o Marco Aurélio? Ele foi responsável por parte das relações internacionais do governo Lula.
    Quanto a denominação irônica, acho que nós, feministas, podemos brincar e desconstruir esses rótulos. Comno ele é obviamente pejorativo, é ai que reside o sarcasmo.
    De qq forma, não creio que o fato de homens usarem ou não uma expressão a constitua como melhor ou pior em seu cerne.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: