11 fevereiro 2008

A mãe do Toddy




















Eu estava lendo a Anna agora.Eu adoro ler a Anna.Ela foi uma das primeiras pessoas que li diariamente e a primeira que conheci pessoalmente:eu ia apresentar um trabalho no Rio e marcamos uma saída,foi uma delícia quase por inteiro.Eu ainda era uma leitora de blogs,demorei séculos pra fazer o meu.Ela é uma graça,seus amigos também.Quase todos,pelo menos.Por sei lá que cargas d'água,um deles - não me lembro o nome - implicou comigo porque,em determinado momento,eu disse que acreditava na existência de um Deus.Caraca,o fulano tinha bebido e virou filósofo:queria discutir,agressivamente,isso comigo.Eu no maior papo com o Bruno Accyoli, que é hiper interessante e o tal do outro cara querendo discutir a existência de Deus.
Desculpaê,mas essas elocubrações teóricas me interesssam tanto quanto um tratado sobre a reprodução dos pandas.Eu acredito e pronto,me larga,passa amanhã.
Mas,enfim,não era isso que eu ia dizer.
A Anna casou e teve uma filha,uma filha linda e toda fofa.E sua vida mudou:ela virou mãe.E aí é isso mesmo,muda.Você vai deixar,pelo menos momentaneamente,de fazer algumas coisas,não vai ter saco pra outras que gostava e vai descobrir mil outras maravilhosas.
E por mais que estudar seja delicioso,trabalhar seja instigante e essas paradas todas.Nada vai ser igual a ser mãe.É único.
E o mais engraçado,você vai virar a "mãe do fulano" e vai achar a coisa mais engraçada do mundo.
Hoje em dia,com filho adolescente,não sou mais a "mãe do Daniel", sou a "mãe do Toddy".Os moleques ( e meninas..) batem na minha porta e chamam pelo "Daniel", mas é meio solene,porque pela porta afora,ele é o "Toddy" mesmo.
E eu adoro ser mãe do Toddy.

25 comentários:

  1. Um apelido legal como esses marca para toda a vida.

    ResponderExcluir
  2. Andrea,já existe há anos.Daniel só em casa mesmo..rs
    Para mim:Dino.
    Para alguns amigos meus:Dani.
    Para o resto do mundo:Toddy.

    ResponderExcluir
  3. Oi!!
    Pedindo licença pra postar uma frase sua que adorei. Pra responder um cidadão. Adorei teu blog!
    Passarei sempre agora :P

    ResponderExcluir
  4. Sindlink,volte sempre!abraços.

    ResponderExcluir
  5. Toddy?? Vitaminado seu menino. Dá a receita??? O meu tá quase, quase lá...

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Sandra,ser mãe de adolescente é complicado...rsrs
    beijocas.

    ResponderExcluir
  7. Sibila3:03 PM

    Por hora, só admirando, porque nem nem Chico (embora muitas vbezes na vitrola, cd ou cachola), Johnnies e nem Mãe. Portanto só ouvindo e cutindo.
    Bj, saudade.

    ResponderExcluir
  8. Sibila, mandei email pra vc...beijocas.;0)

    ResponderExcluir
  9. E eu - o Bruno Accioly - também vou ser pai.

    Tá no forno, pra Setembro =)

    Quanto ao "um deles", continua debatendo - agora em São Paulo - com veemência a respeito dos mesmos assuntos sempre que possível. =D

    Eu espero que não dêem apelido pra minha filha (ou filho)! escolher o nome deu o maior trabalho!

    =*
    Beijos,
    Bruno Accioly

    ResponderExcluir
  10. O que???
    Você acredita em deus???
    Temos que marcar um chope para discutir fervorosamente o assunto.
    Onde já se viu?

    ResponderExcluir
  11. Bruno "Jamelão" :vc vai ser pai!!! parabéns!!
    Mas apesar do tempo e carinho destinados a escolha do nome do rebento, não há como evitar os apelidos..rs
    Vc vai ver quando for pai de um/uma adolescente....rs
    E o nome, qual é?
    beijão.

    ResponderExcluir
  12. Mairus...hahahaha.....só se o papo a seguir for a reprodução dos pandas ou a construção das fechaduras,todos esses papos certamente acabariam com minha insônia...rs
    beijos e volte sempre.;0)

    ResponderExcluir
  13. Vivien,
    Não sabia da existência desse apelido. Por quê? Há alguma razão? Eu, por exemplo, sou Caco pois meu irmão, na hora de chamar o Ricardo, dizia Icaco. Fiquei Caco. E o Daniel? Falando nisso manda um abraço pra ele.
    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Vivinha,
    E eu sou mãe da Vivinha!!!!!Que é mãe do Toddy.
    Escolher Vivien Christina, tb me deu trabalho!!!!! hahahahaah...rsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  15. Não sei o porquê, mas a gente tem um certo receio de chamar os amigos pelos apelidos na frente dos pais deles...

    Me interessei pelo tratado sobre a reprodução dos pandas. Pode me explicar melhor a respeito? hahahahaha

    ResponderExcluir
  16. Oi vivien
    é a primeira vez que visito esse blog... hoje tirei a tarde para conhecer blogs e passear pelos que já conheço... adorei o seu!
    beijinhos
    Eu tb sou mãe de 2 pequeninas.. mas já ouço por aí, mãe da Bia, rs..acho o máximo...
    Ingryd
    www.guiaportal.com.br/blog

    ResponderExcluir
  17. Lord,é apelido de escola, porque ele tem cor de toddy.;0)
    Mando sim,beijão pra vc.

    ResponderExcluir
  18. Neutron,os outros amigos do meu filho tem apelidos tão esquisitos...rs...eu sempre os chamo pelos nomes!
    E se alguém mais me falar de existência de Deus ou pandas,toma um tapa.;0)

    ResponderExcluir
  19. Mãe da Bia!!!volte sempre aqui.Beijos.;0)

    ResponderExcluir
  20. eu aaamo meu filho, daria a vida por ele, cuido, me preocupo, tenho orgulho e tudo o mais. Porém odeio quando me chamam de 'mãe do urubuzinho', acho uma afronta à minha identidade (ele também odeia ser o 'filho da Urubua', então estamos quites)

    ResponderExcluir
  21. Urubua,como eu disse,eu não só não ligo, como eu gosto.;0)
    E viva a diferença.
    Beijão pra vc e pro urubuzinho.;0)

    ResponderExcluir
  22. Bruno"Jamelão", gostei.
    Parabéns novamente.;0)

    ResponderExcluir
  23. Vivinha,
    Eu sou TESTEMUNHA de que você virou a mãe do Toddy. kkk
    bjs
    :o)

    ResponderExcluir
  24. Frou,o engraçado é ver os meninos chegando lá em casa e perguntando pelo "Daniel",o nome quase não sai,super formal....rs

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: