25 novembro 2007

O trio







Ontem saí com Daniel e meus sobrinhos, a gente foi comer uma pizza, conversar, essas coisas de tia.Sempre adorei sair com os três, sempre foi divertido.A gente ia pra cinema, restaurantes, parques, bosques...essas coisas. Sempre divertido.
A gente brincava de jogos de perguntas dentro do carro, antes de chegar nos lugares. A gente ria muito.Eu brincava de boneca com a Julinha e nunca foi esforço, porque eu ainda gosto de bonecas.
Eles faziam teatro aqui na minha mãe, com cenário, guarda roupa e até ticket de entrada. Um dia vou chantagear essa molecada, porque tenho fotos comprovando esses micos todos.
Uma das coisas que eu mais gostava era fazer piquenique com os três nos parques aqui da cidade, além de comer coisas gostosas piqueniquescas, a gente brincava de mímica, contava histórias, tinha todo um ritual de bagunça.
A diferença agora é que os papos mudaram, os três adolescentes se posicionam, argumentam. Conversamos sobre música, escola, eutanásia, aborto.Júlia é totalmente a favor do aborto, Daniel é a favor da legalização, mas tem ressalvas, Victor é diametralmente contra.Opiniões diversas e - principalmente - respeito a opinião alheia, o que é um grande passo, pois nada mais tacanho do que a intransigência.
Bacana ter o privilégio de ver essa moçada crescendo, fazendo planos, entrando paulatinamente no universo dos alunos.Bacana pensar que,de alguma forma, pude contribuir pra isso.
Estabelecer essa conexão, ter o mesmo humor, participar dos mesmos sonhos. Fico feliz em ter essa moçada linda por perto, feliz em ser mãe e tia, coisas que adoro ser.Feliz em ter brincado de mímica e de papear hoje em dia, feliz em pensar que daqui a alguns anos, talvez eu esteja brincando com os filhos deles.

32 comentários:

  1. O segredo é não parar de brincar. Brincar smepre. Com os filhos, com os amigos do filhos, com os próprios amigos, brincar com a vida.
    Quem consegue seguir a vida mantendo a disposição para o lúdico, esse sim aprendeu a ser feliz!

    ResponderExcluir
  2. Pô Vivien, passamos por experiências parecidas. Só que era eu e meu sobrinho. Que delícia né?

    ResponderExcluir
  3. Muito bom olhar para eles e sentir nossa parcela no crescimento, educação, formação.
    É isto que chamo de saldo positivo.
    Um beijo menina prá vc e prá eles.

    ResponderExcluir
  4. Sabe que tenho sonhado que sou avó? Ai, ai...

    ResponderExcluir
  5. Pois é, pois é, pois é. Teu blog cada vez mais gostoso, limpo, lindo.

    Beijão Vivi. Andamos sumidos demais.

    ResponderExcluir
  6. Vivinha,
    essa sua sintonia com eles desde a infância, foi fundamental.Gosto muito dessa ligação, do carinho mútuo que sentem.
    Da forma como vc conduz os papos, para conhecê-los mais profundamente
    Conhecer seus sentimentos,atitudes,
    interesses, futuro, e se necessário
    orientá-los.
    Bjs
    Mamãe

    ResponderExcluir
  7. Vivinha,
    A escolha das tres graças de Botticelli,que para mim são as mais bonitas, ficou muito interessante.
    Bundada em FHC, cruzes...rsrsrsr
    Bjs
    Mamãe

    ResponderExcluir
  8. Lindo isso de ser tia. Eu sou 6 vezes tia. Amo-os com as minhas vísceras. E é delicioso vê-los crescer e se tornarem pessoas de bem.

    ResponderExcluir
  9. Viven

    Teu post foi ótimo! Eu tb tive o privilégio de conviver com sobrinhos junto com os filhos. Durante anos tive sobrinhos morando comigo, que vieram para estudar. Também fico feliz por hoje todos estarem formados e com a vida 'nos eixos'.
    Outra coisa que fizeste eu lembrar: quando eu era guria fazia 'festivais' em casa, com ticket de entrada e tudo, hehehe.

    Tem prêmio pra ti lá em casa.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Tatiana, concordo com vc, o lúdico tem que estar presente pra vida ser mais leve. beijos.;0)

    ResponderExcluir
  11. Elisabete, uma delicia completa.beijos.;0)

    ResponderExcluir
  12. Aninha, o fato de a gente ter um passado cheio de coisas pra lembrar e um bom presente, é bom demais.beijos.;0)

    ResponderExcluir
  13. Claudia, eu sonhei uma vez, foi muiiito louco, depois conto aqui.beijos.;0)

    ResponderExcluir
  14. Pablito, olá! precisamos combnar algo, né, vizinho?
    beijos.;0)

    ResponderExcluir
  15. Mãe, a gente tem mesmo uma boa conexão, adoro ficar com eles, com o Daniel, adoro essa turma.beijos.;0)

    ResponderExcluir
  16. Mel, pela força dos seus textos, imagino seu amor. beojos.;0)

    ResponderExcluir
  17. Rosamaria, qq dia eu conto sobre as peças deles....rs.r.
    beijos e obrigad, to indo lá. ;0)

    ResponderExcluir
  18. Vivien, como o tempo passa né?
    Poxa, minha filha vai fazer oito amanhã eu já me assusto, fico pensando você aí com filho e sobrinhos praticamente "criados", como não deve ser assustador e lindo ao mesmo tempo ver que suas crianças estão se tornando pessoas maduras e interessantes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Babs, parabéns para vc e para sua filha!!! Esse processo é mesmo um pouco assutador, mas muito, muito bacana.beijos.;0)

    ResponderExcluir
  20. Vivien, com eles a gente só aprende. É ou não é?
    Beijo, menina

    ResponderExcluir
  21. Valter, aprende mesmo.;0)
    beijos.

    ResponderExcluir
  22. Não sou muito paciente com crianças, não. Mas me dou bem com elas. Admiro quem se envolve, brinca, faz de tudo.

    ResponderExcluir
  23. Lino, eu gosto muito do universo infantil. Essa coisa de lidar com adolescentes é mais complicada, mas muito, muito interessante.
    Eu me amarro mesmo.
    Ih, eu e minhas gírias velhas...alguém ainda diz "eu me amarro"?????
    beijos.;0)

    ResponderExcluir
  24. Não pude curtir isso com minhas sobrinhas... Moram longe. Mas tivemos bons momentos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. ô delícia! ótimo post, fia!

    beijão

    ResponderExcluir
  26. Sandra, morara longe é mesmo dificil, mas esses bons momentos duram pra sempre.beijos.;0)

    ResponderExcluir
  27. Leandro, bom saber que v gostou.beijos.,;0)

    ResponderExcluir
  28. nem me fale, meu sobrinho mais velho vai fazer 13 anos, já namora, sofre por amor, odeia o Lula, um foooooooooofo.

    sinto saudade, ele aí[Cps] eu aqui [RJ].

    beijos e boa semana, querida

    MM.

    ResponderExcluir
  29. Mônica,é bom er opinião,mesmo que discordemos dela.;0)
    Então vc tem um sobrinho campineiro?? bacana.;0)
    grande beijo.

    ResponderExcluir
  30. Vivien,

    Esse papo me deu saudades dos meus sobrinhos.

    ResponderExcluir
  31. Arnaldo, bom motivo pra vc comprar aquele presente de sempre pra eles.;0)
    beijos.

    ResponderExcluir
  32. Olha que isso é a coisa mais bacana de ser professora.

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: