09 abril 2010

vote em.....


Como estou contando as aventuras das quintas séries, vale a pena lembrar disso aqui: durante muitos anos, eu utilizei uma estratégia lúdica pra discutir questões relacionadas ao processo democrático.

Como as crianças tinham que discutir conceitos como cidadania, democracia e poder, percebendo as diferenças entre essas concepções quando de sua criação e hoje, fazíamos o seguinte: cada grupo escolhia um personagem mitológico grego e se preparava pra sua eleição.Formavam uma equipe que iria fazer sua campanha.

Começavam com uma reunião pra dividir tarefas, passavam pra pesquisa sobre o seu personagem e dos outros, faziam material de propaganda, discursos, jingles. E se preparavam pra o momento que mais gostavam, a hora do debate.

A idéia era utilizar a pesquisa para "questionar" a competência do outro candidato. Assim, eles tinham a seguinte estrutura: pergunta - resposta - réplica - tréplica. Dois cronometravam e todos debatiam.

- Como você pode defender o seu candidato....? Zeus era infiel!

- Não dá pra confundir vida privada com vida pública!!!

- Mas se ele trai a mulher...pode trair os eleitores....balbalbalbal


@@@@@@


- Seu candidato estimula o alcoolismo!

- Dionísio não prega o alcoolismo , isso fazia parte da cultura deles e...bnlabalbalbal


@@@@@@



- Sua canditada, Athena, é incoerente. Ela é a deusa da sabedoria e da guerra..!

- você está sendo anacrônico, eles pensavam diferente da gente e....


( cada vez que eles falavam "anacrônico" eu tinha um treco)



@@@@@@


- Sua candidata é fútil, só pensa em beleza exterior..

- ISSO não é verdade, Afrodite se casou com Hefestos, o deus mais feio de todos!

- casou porque foi obrigaaaaaaada e blablabla...



Isso durava algumas aulas, eles discutiam um pouco antes de dar a resposta, suados e felizes, alguns fantasiados, outros com crachá do seu candidato.


Em geral, respeitavam as regras: não poderiam dar brindes ou colocar cartazes fora da delimitação.Palavrões também eram proibidos, mas às vezes a própria "denúncia" era um problema...( "professora, ele falou foda, falou fooooooda, foooooooodddaaaaa...!!!!")

Algumas mães entravam na jogava, ajudando com o material que eles traziam, aparecia , por vezes, um Poseidon com barba , coroa e tridente, por exemplo.

A experiência foi muito interessante pra mim e, pelo que notei, pros meninos também. Como acompanhei várias turmas crescendo, conversamos sobre essa atividade anos depois. Até hoje recebo mensagens por email e no orkut.
Meu projeto é que eles vivenciassem o processo democrático, experimentando-0 , envolvendo-se nele. Gostava de perceber que assim eles também desenvolviam a argumentação, o trabalho em equipe, a ética. Recebi denúncias de "compra de votos" que deram em "cpi" extremamente rigorosas. Quero pensar que contribui, ainda que de forma simples, pra formação da cidadania desses meninos.

E eu me diverti muito, muito mesmo.




@@@ publicado originalmente em 2007.

22 comentários:

  1. Adorei. Com certeza contribuiste sim, só esperamos que apliquem depois de adultos.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Vivien!

    Adorei teu blog, teu jeito de escrever e muito do beijo que não era de Klimt!

    Obeigada lepa visita lá no meu, apareça sempre.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Lu, é o que espero. Com certeza, eles contribuiram muito pra minha vida.beijos e volte sempre.

    ResponderExcluir
  4. Rosamaria, fico feliz em saber que vc gostou. Volto sim, beijos.

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que devia ter sido divertidíssimo mesmo!
    Eu queria ter assitido um debate desses.
    Ando adorando debates.
    Hahahah
    beijso, minha linda

    ResponderExcluir
  6. Tati, eu sei que vc adora debate...me lembro daquela moça que vc fincou a cabeça no poste...hahahahah...beijos.;0)

    ResponderExcluir
  7. Vivien,
    Passei por experiências parecidas na escola. Foram fundamentais para minha formação. Tenho certeza que os meninos não esquecerão de você, além de estarem mais aptos a reconhecerem
    o que anda por aí. Se a sua observação com relação a anacrônico disser respeito à palavra empatamos,também implico com ela.
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Vivien, gostei de sua história. Acho que só assim alguma coisa ficará para esses alunos... ABs

    ResponderExcluir
  9. Eu, como aluna de graduação em História já tive uma experiência parecida numa oficina, mas a sua foi bem criativa e conseguiu atrair a atenção das crianças.
    Fui monitora de Oficina de conceitos sobre cidadania, democracia etc, tenho um pps com uma recapitulação de democracia grega e republica romana, se vc estiver a fim de ter esse material, me escreva.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. ahahaha. Muito legal!
    bjão

    ResponderExcluir
  11. Muito bacana essa sua idéia, deveria escrever livros infato-juvenis sobre o assunto....
    abraço

    ResponderExcluir
  12. Vivien, nao tenho dúvidas de que tu és uma ótima professora! Teu texto sobre o Rio Nilo e este último texto mostram o teu talento e a liberdade que tu proporcionas aos alunos para que eles criem e sejam eles mesmos. Parabéns!

    ResponderExcluir
  13. Lord, espero que essas atividades tenham feito diferença. E quanto a "anacronismo", não implico com a palavra....fico feliz que eles percebam a importancia desse conceito para a compreensão da História.;0)

    ResponderExcluir
  14. Maitê , que bom que vc gostou.;0)
    Volte sempre.

    ResponderExcluir
  15. Glória, vamos conversar sobre esse tema, com certeza. Claro que gostaria de ver seu material, mande pro meu email, ok? beijos.

    ResponderExcluir
  16. Guga, também adorei.;0)

    ResponderExcluir
  17. Jô, andei recebendo umas idéias bacanas de leitores aqui do blog. Quem sabe um dia?
    beijos, volte sempre.;0)

    ResponderExcluir
  18. Thelma, acho que a questão do prazer está presente aqui: creio que todo mundo que realmente se envolve com a profissão, consegue - ou pelo menos tenta com ardor - elaborar um bom trabalho.beijos.

    ResponderExcluir
  19. Isso devia ser o máximo! Ah, Vivien, me lembro com tanto carinho de quando cursei a 5ª série! A gente se sente tão adulto, né não?

    ResponderExcluir
  20. Claudia, é um ritual de passagem e tanto.;0)

    ResponderExcluir
  21. Vivinha
    Voce contribuiu e muito para a formação e conscientização de seus alunos.
    Isso é fazer a diferença, é garantia de dever cumprido, de profissional exemplar, de satisfação pessoal. Orgulho para a educação e especialmente para mim. Bjs

    ResponderExcluir

Queridinho, entre e fique à vontade: